Meu Casulo - Blog de fotografia, comportamento, viagens e estilo de vida

Alcântara como Patrimônio Histórico

População maranhense, ou não, se você for de outro estado e estiver fazendo parte da comunidade desse blog; teve feriadão pra gente nessa primeira semana de setembro e eu aproveitei pra fazer o que? meter o pé na estrada. (mentira, me enfiei dentro de um barco e me mandei pra fora da ilha)! Destino?

ALCÂNTARA

A arquitetura colonial de alcântara nem se compara no quesito conservação patrimonial com o centro histórico da ilha de São Luís. Ao andar pela cidade é possível encontrar diversos casarões coloniais conservados e cumprindo a sua função social na cidade. Considerado Patrimônio nacional, o município de Alcântara foi tombado pelo IPHAN no ano de 1948, mas somente no ano de 1997 que mediante lei, o IPHAN definiu o perímetro tombado e a área de proteção da cidade, abrangendo ruínas, praças e igrejas.


Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos


Igreja e Convento do Carmo


Porta da Igreja e Convento do Carmo

Alcântara é conhecida como “A Cidade que Parou no tempo” e andando pela cidade, em meio aquela arquitetura Luso-brasileira e também das ruínas, é possível ver e sentir o porque deste dito popular, te fazendo viajar no tempo.

Em uma das noites passadas no município, foi possível ver uma grande movimentação na praça principal da cidade, sabe aquela em que tem a ruína de uma igreja que sempre aparece em propagandas do local? pois é. E gente, eu posso dizer que é lindo de ver a população se apropriando do ambiente e utilizando da ruína como um espaço de convivência e não só como ponto de admiração.

É possível ver em grande parte da população da cidade um respeito pela historia e também pelos marcos deixados com o tempo, ou seja, as suas ruínas. Não estou dizendo que tal respeito vem de 100% da população, pois, seria algo utópico mas lindo de ver e presenciar. Infelizmente é possível encontrar pessoas que não respeitam muito o ambiente ou se utilizam das ruínas como banheiro químico (elemento em falta na cidade) e ponto de descarte (muitas garrafas quebradas nos cantos), então cuidado se for adentrar o ambiente.

Alcântara por ser uma cidade pequena, é possível passar um dia e conhecer praticamente tudo que ela tem disponível (se tu encontrar museus e centros abertos principalmente. HAHA), sendo assim, no segundo dia do feriadão eu me enfiei novamente em um barquinho e me desbanquei para a Ilha do Livramento, local quase deserto, habitado apenas por uma senhora e um cara que ajuda na preservação da ilha. Uma dica? Monte acampamento, explore a ilha e bata um papo com a moradora, Dona mocinha vai adorar expor as ideias dela pra ilha e pode chegar a te explicar o pouco que ela sabe do projeto que está sendo pensado para a ilha, em parceria com o Instituto IFMA para preservação e utilização da área.


Ahh, deixa eu compartilhar um pensamento com vocês, a ilha do livramento fica entre a cidade de Alcântara e de São Luís. Essa ilha se utiliza de vários recursos ecológicos para o funcionamento das atividades exercidas na ilha, ou seja, poço artesiano, placas solares para obtenção de energia, banheiros ecológicos e etc… Da ilha você tem uma visão do passado (sendo Alcântara) e do presente/futuro (sendo São Luís) e você ali em um espaço que poderia muito bem ser um lapso temporal. O ‘entre’ da evolução construtiva e da paisagem urbana.

E pra encerrar o post uma frase achada na parede de um mercadinho na cidade de Alcântara, frase essa que se encaixou perfeitamente no momento vivido,  que completou a minha viagem e aquietou o coração ansioso dessa moça que vos escreve, então fica abaixo mais um registro feito na cidade.

ahhh, vale deixar um Salve pro amigo que me acompanhou nessa aventura de última hora, se não fosse ele teria ido sozinha mesmo e nem teria fotos pra postar do local. Então senhor Wos, meu muito obrigadoo!

 

Narjara Maciel

Acadêmica de Arquitetura e Urbanismo, na incessante batalha pelo tão sonhado diploma!! Aquariana de 22 anos, Cantora de chuveiro e apaixonada pela cultura musical brasileira, sempre buscando novos artistas e musicas que me transbordem...

1 comentário

Deixe seu comentário

Redes Sociais

Siga todas nossas redes sociais para ter todas novidades em primeira mão.

Autoras

Meu Casulo

Meu Casulo é um blog sobre fotografia, arquitetura, comportamento e muito mais. Todo material postado aqui é de nossa autoria, caso tenha alguma exceção, daremos devidos créditos. Se você quer reivindicar créditos ou quer remover algum material que é de sua autoria, entre em contato.